ATENDIMENTO EM UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE É TEMA DE DEBATE DURANTE SESSÃO ORDINÁRIA

por Mario Sergio Kalbuch publicado 03/10/2019 12h22, última modificação 03/10/2019 12h22

O plenário da Câmara contou com a apresentação e apreciação de uma Indicação de autoria do vereador Emílio Carlos Petris. Nela, o vereador pede que o Município – por meio da Secretaria de Saúde – promova melhores atendimentos nas Unidades Básicas de Saúde de Passo da Limeira e do Bairro Centro. Emílio, então, requereu que os atendimentos médicos sejam priorizados a idosos e a pessoas que chegam aos postos em estado clínico grave.

O vereador disse que fez a solicitação atendendo pedidos de moradores e lamentou duas situações ocorridas recentemente. A primeira foi sofrida por Daniel Branger. O idoso, com mais de 70 anos, precisou aguardar atendimento deitado nas cadeiras de espera da Unidade de Saúde e recebeu atenção médica somente após todos os demais pacientes terem consultado. O segundo caso foi encarado por Deocleciano de Souza que precisou ser levado para atendimento em uma cadeira de rodas, mas teve de esperar cerca de três horas para consulta.

O vereador Emílio também relatou que tem recebido reclamações de mal atendimento prestado por alguns funcionários das Unidades de Saúde. Ele lembrou que é dever do funcionário público servir a comunidade, tratando todos de maneira respeitosa e eficiente. Para o vereador, “aqueles que não gostam de suas atribuições deveriam pedir exoneração do cargo, oportunizando que pessoas empenhadas prestem os trabalhos”. Ele ainda sugeriu que o Município fornece cursos que capacitem os funcionários a trabalhar melhor com o público.

Comentando a indicação, os vereadores Reginaldo Silveira e Silvio Jose Althoff reconheceram que há problemas no funcionalismo público do Município, desde cargos comissionados até os efetivos. Eles afirmaram também que o prefeito e todos os secretários buscam constantemente modificar este cenário e que são comuns as reuniões coletivas e cursos de capacitação ofertados. Reginaldo ainda destacou que, da mesma forma que existem críticas negativas sobre os atendimentos prestados, ele ouve também muitos elogios.

Sobre as situações expostas pelo vereador Emílio, Reginaldo se comprometeu em levar as queixas ao Prefeito e ao Secretário de Saúde para que se verifique o que houve de fato e que medidas sejam tomadas para que tal descaso com a população não volte a acontecer. Já o vereador Silvio afirmou que, num primeiro momento, será precisa verificar junto as enfermeiras qual o estado clínico dos pacientes quando estes chegaram ao local. Ele reconhece que casos de risco devem ser dados como preferenciais, mas destaque que se o mesmo encontra-se sem dor, com batimentos cardíacos regulares, pressão firma e sem lesões, nas regras que regem o funcionamento das Unidades Básicas, estes não podem passar à frente de quem já está no local aguardando atendimento.

Os vereadores afirmou ainda que o Poder Executivo está atento a todos os problemas pontuais que acontecem nas mais diversas secretarias e tenta, da melhor maneira possível, reverter tais situações.

Falando sobre os serviços prestados na área da saúde, o vereador Reginaldo ainda afirma que houve uma melhora significativa nos trabalhos deste setor. Dentre outras, ele lembrou da extinção de filas para marcação/requisição de exames e da renovação e ampliação da frota de veículos responsáveis por transportar pacientes até centros especializados nos mais diversos tratamentos.

error while rendering plone.comments